Distribuidores
 
Relação de confiança
A Rede de Distribuidores cultiva junto aos clientes relações comerciais de confi ança em que a palavra-chave relacionamento tem alto valor. Tecnologia, novos serviços, equipe atenta e próxima do cliente somam pontos na escolha e lealdade por uma assistência técnica

Manutenção é coisa séria

img

Com 115 tanques em aço carbono e inox Randon, a Cargoquímica, em Guarulhos, transporta cargas químicas perigosas e é cliente há mais de dez anos. Semi-reboques e bitrens com eixos autodirecionais são os mais utilizados. Além disso, há manutenção completa por contrato executada pelo distribuidor Multieixo que contempla cuidados na suspensão, caixa de carga, válvulas especiais, revestimentos, solda, parte elétrica e pneus de reposição Doublestar fornecidos pela Randon. É como se fosse uma Multieixo na própria Cargoquímica. E o distribuidor gerencia a frota através de um software personalizado que garante maior segurança ao cliente.

“Com o check list permanente executado pela Multieixo, a Cargoquímica não se preocupa com a manutenção dos produtos e pneus, pois o distribuidor está dentro da Cargoquímica”.
Diretor peracional da Cargoquímica, José Diniz

“A Multieixo controla os períodos de revisões através do sistema de informática e o programa de manutenção de 15 mil km para os pneus e 30 mil km nas revisões preventivas. Transparência e seriedade são pontos fundamentais para estabelecer relações de confi ança mútua com o cliente”.
Gerente de pós-vendas da Multieixo Sumaré, Adriano Soldera

Sempre perto do cliente

img

Produtora de açúcar e álcool, a Usina da Pedra, em Serrana, região de Ribeirão Preto (SP), tem cerca de 150 semi-reboques Randon para cana picada. Os rodotrens que operam o dia todo no período da safra, contam com a manutenção integral da Rodorib, em Ribeirão Preto, e a relação comercial já tem mais de 15 anos. A Usina é um cliente leal, pois utiliza a assistência técnica, além de semi-reboques e peças genuínas. Onde estiverem os semi-reboques, a Rodorib vai ao encontro para resolver qualquer situação de manutenção.

“As conversas com o Otávio da Rodorib sempre rendem. Hoje a manutenção da quinta-roda, por exemplo, é semanal e não quinzenal, pois o desgaste é muito intenso. A lubrifi cação também passa por critérios cuidadosos”.
Supervisor de transporte da Usina da Pedra, Jorge Francisco Gallante

“Sempre procuro orientar o cliente para fazer com que o produto tenha desempenho garantido. Na Usina da Pedra, fi co de olho na quinta-roda e nos eixos já que o desgaste é grande neste tipo de operação. Atendo motivado este cliente há 11 anos."
Montador e soldador da Rodorib Ribeirão Preto, Otávio Luis Camargo

 
 
     
 
 
     
 
a
Envie esta notícia para um amigo